Gravuras

grav01_erivaldo_2

Erivaldo

Erivaldo Ferreira da Silva nasceu no Rio de Janeiro, em 17 de maio de 1965. Filho de Expedito Ferreira da Silva, fez o curso de artes plásticas do MAM. Uma das figuras mais representativas da xilogravura brasileira, já ilustrou mais de uma centena de livros e folhetos de cordel.

 

 

grav02_ms

MS

Marcelo Alves Soares nasceu em Recife em 1955. Filho do poeta popular José Soares, esculpe em suas xilogravuras as iniciais “MA”, “MS” ou ainda o nome “Marcelo”. É autor, entre outros, do folheto “O Encontro da Velha debaixo da Cama com a Perna Cabeluda”.

 

grav03_jborges

J. Borges

José Francisco Borges nasceu em Bezerros, Pernambuco, em 20 de dezembro de 1935. Internacionalmente conhecido com exposições em várias partes do mundo, principalmente na Europa. É o mais famoso dos gravadores nacionais em atividade.

 

grav04_jcl

JCL

José Costa Leite nasceu em Sapé, Paraíba, em 27 de julho de 1927. Muito requisitado por poetas, professores e pesquisadores de cultura popular em razão da simplicidade da sua produção, é também cordelista de grande apelo popular, pois sua obra abarca todos os assuntos regionais.

 

 

grav05_abraao

ABB

Abraão Batista nasceu em Juazeiro do Norte, Ceará, em 4 de abril de 1935. Poeta de produção densa e gravador de grande mérito, suas obras são todas ilustradas por ele próprio. Como gravador não se filiou a nenhuma escola, o que torna sua obra inimitável. É professor universitário.

 

grav06_joseestenio

Stênio

José Stênio Silva Dinis nasceu em Juazeiro do Norte, Ceará, em 26 de dezembro de 1953. Neto do famoso editor e poeta popular, José Bernardo da Silva, seu trabalho ilustra capas de folhetos e álbuns da antiga Tipografia São Francisco, de seu avô.

 

grav07_joaodebarros

J.B.

João de Barros, também conhecido por “J. Barros”, nasceu em Glória do Goitá, Pernambuco, em 1935. Marceneiro, entalhador e xilógrafo é também poeta popular, autor, entre outros, do folheto “O Rapaz que virou Cachorro porque zombou do Padre Cícero”.

 

grav08_jeronimo

Jerônimo

Jerônimo Soares nasceu em Recife, Pernambuco, em 1945. Filho do poeta popular José Soares, começou fazendo carimbos e depois xilogravuras para ilustrar folhetos de cordel. Hoje reside em São Paulo, capital.

 

 

grav09_franklinjorge

Franklin Jorge

Franklin Jorge do Nascimento Roque nasceu em Ceará-Mirim, Rio Grande do Norte, em 8 de setembro de 1952. Poeta, pintor, crítico de arte e professor, começou a pintar aos 16 anos e hoje tem várias de suas obras expostas em museus e coleções particulares.

 

grav10_franklindecerq

Maxado

Franklin de Cerqueira Machado, Maxado Nordestino, nasceu em Feira de Santana, Bahia, em 15 de março de 1943. Bacharel em direito, optou por fazer exclusivamente literatura de cordel, palestras sobre o tema e xilogravuras. Escreveu, entre outros, “A Volta do Pavão Misterioso”.

 

grav11_dila

Dila

José Cavalcanti Ferreira nasceu em Bom Conselho, Pernambuco, em 1937. Considerado um dos melhores xilógrafos do Nordeste, escreve, publica e ilustra folhetos, entalhando não só madeira, mas também pedaços de borracha vulcanizada. É seu o cordel “O Homem que virou bode”.

 

grav12_ciro

Ciro

Ciro Fernandes nasceu em Uiraúna, Paraíba, em 31 de janeiro de 1942. Começou a desenhar ainda criança, pintando nas paredes da casa dos seus avós. Aos 17 anos veio para o Rio de Janeiro e desde então fez várias pinturas, desenhos e xilogravuras, inclusive capas de livros para Orígenes Lessa.

 

grav13_arlindo

AMS

Arlindo Marques da Silva nasceu em Juazeiro do Norte, Ceará, no dia 10 de agosto de 1953, onde trabalha com o poeta-editor Manuel Caboclo e Silva. Começou a fazer clichês em madeira aos 17 anos. Ilustrou, entre outros, “A Tentação do Demônio – Um Rapaz Castrado no Assaré”.